Operação Biquíni: 3ª Semana post image

Operação Biquíni: 3ª Semana

Tudo sobre a ineficácia absoluta das dietas para as mulheres, levando ao aumento de peso, em vez de sua redução. Fundamento científico para perder peso corretamente.

Por que as dietas não funcionam nas garotas?

Nos dois primeiros artigos do projeto ‘Operação Biquíni’ expusemos as diferenças entre o metabolismo masculino e feminino e explicamos por que as meninas têm dificuldade em praticar esportes durante a menstruação, explicamos também que tipo de prática física é a mais adequada para as diferentes semanas do ciclo menstrual.

Repetimos mais do que uma vez que as dietas são muito menos eficazes para as mulheres do que para os homens. Hoje vamos falar mais detalhadamente sobre este tema e sobre os mais recentes estudos que mostram que as dietas muitas vezes levam ao ganho de peso e não à sua redução.

É possível perder peso com a ajuda de dietas?

De acordo com uma pesquisa norte-americana, até os dez anos de idade, mais de 80% das meninas já tentaram qualquer tipo de dieta. No entanto, as meninas que fazem dietas na adolescência têm três vezes maior risco de serem obesas no futuro, mesmo que tivessem peso normal.

Estudos também sugerem que, após pararem de fazer dieta, uma parte substancial delas não só retorna ao seu peso antigo, como ainda ganha mais peso do que aquele que tinha – 40% das garotas que perderam peso com dietas pesam, cinco anos depois, mais do que o seu peso inicial(1).

Set point: o ponto de cálculo do peso normal

Os mais recentes trabalhos de pesquisa em neurociência sugerem que o cérebro controla o peso, mantendo a massa corporal entre os 5 e 7 kg acima do “set point” (“ponto de definição” em inglês). Os principais mecanismos de manutenção são a sensação de fome e a mudança na rapidez metabólica.

Ignorar persistente a sensação de saciedade e comer demais (exatamente como o treinamento do peso para o crescimento muscular nos homens) leva a que o organismo defina um ponto de definição mais alto, passando a tentar manter um peso superior. No entanto, é quase impossível fazer baixar o ponto de definição.

Efeito dos hormônios sobre a acumulação de gordura

A segunda fase do mecanismo para manter o peso corporal estável é a síntese de hormonas. Nesse caso, a fome ou a falta de calorias causam reações absolutamente diferentes no corpo masculino e feminino. O corpo masculino fica mais ativo, começando a “procurar comida”.

Já o corpo feminino, com a falta de alimento, faz aumentar o nível de hormônios que protegem os depósitos de gordura, provocando também a conversão da maioria das calorias da dieta nessa mesma gordura. O motivo é a proteção de uma possível gravidez e do surgimento de uma criança.

O aumento do peso após a dieta

O corpo de uma garota que tenha perdido peso devido a severas restrições alimentares tenta desesperadamente voltar ao seu peso normal, enviando muitos sinais — uma fome louca, estresse constante e irregularidades menstruais.

E assim que a menina interrompe a dieta e retoma a sua ingestão calórica habitual, o corpo não só volta ao peso original, como também tenta ganhar alguns quilos de gordura de reserva, em caso de futuro “período de fome”.

Como emagrecer corretamente?

A única estratégia correta possível para mulheres perderem peso é composta por dois componentes – a capacidade de controlar a sua fome e a correta manutenção do treinamento físico. Convém deixar as dietas para os homens que tentam ganhar massa muscular.

Só aprendendo a escutar os sinais do seu corpo quando ele lhe diz que não necessita de mais alimento, é que a menina será capaz de manter o peso constante sem sucumbir à tentação momentânea de comer uma barra de chocolate — desejo típico de quem que tenta perder peso na marra.

Exercícios físicos para elas

É também importante compreender que as cargas físicas fazem subir o set point, exigindo do organismo mais calorias para o seu trabalho diário. Isto é mais uma refutação do principal mito do fitness, segundo o qual seria possível emagrecer por meio de exercícios para perda de peso.

O exercício físico moderado faz falta às garotas não para queimar calorias, mas para o bom funcionamento do metabolismo e para ensinar o corpo a usar carboidratos e açúcar como alimento para o tecido muscular, em vez de recorrer ao método de reservar energia em forma de gordura corporal.

***

Apesar do equívoco geral, as pesquisas sugerem que as dietas mais depressa fazem engordar do que emagrecer. É importante para as mulheres aprenderem a controlar a fome e a sensação de saciedade, praticando ao mesmo tempo atividade física moderada.

Fontes:

  1. Why dieting doesn’t usually work, fonte

Data da primeira publicação:

  • 30 de junho de 2014

Adicionar novo comentário: