Operação Biquíni: 2ª Semana post image

Operação Biquíni: 2ª Semana

A segunda semana do projeto para ela da FitSeven vai lhe dizer tudo sobre a influência do ciclo menstrual sobre o metabolismo esportivo. O fitness é mais adequado para quais semanas do ciclo?

Fitness e ciclo menstrual

Na primeira parte desta série de materiais para elas, dedicada à criação de corpo firme e enxuto, a FitSeven falou das sete principais diferenças entre o metabolismo do corpo masculino e feminino. Nesta segunda parte, vamos dar uma olhada mais de perto no principal aspecto dessa diferença.

Não é segredo que o desempenho das mulheres nos esportes está diretamente relacionado com as fases do ciclo menstrual. Muitas vezes, o organismo das garotas não lhe permite treinar devido à sensação de fraqueza e perda de motivação. Hoje vamos lhe mostrar como lutar contra isso.

Por que as meninas têm dificuldade em treinar?

Na maior parte do tempo, o corpo da mulher praticamente não usa hidrato de carbono como fonte de energia, preferindo trabalhar com os ácidos graxos livres. Para os homens isso é equivalente a correr com o estômago vazio ou a juntar períodos de jejum com treinamento de força.

Precisamente pelo fato de a utilização da glicose no metabolismo das mulheres ser mínimo, é que o corpo das mulheres tende a armazenar os hidratos de carbono obtidos pela comida em gordura corporal. A estratégia para combater este processo inequívoca: treinamento de força para mudar o metabolismo.

Otimizando o metabolismo

O treinamento com cargas altas de peso e poucas repetições (5-7 repetições) ensina os músculos não só a armazenar carboidratos como glicogênio, mas também a utilizar esses carboidratos para obter energia, em contraste com a corrida de maratona, quando o corpo trabalha com base nos ácidos graxos livres.

É importante notar que os níveis hormonais que mudam durante o ciclo menstrual também afetam a capacidade do corpo feminino em dar prioridade aos carboidratos como fonte de energia, reduzindo significativamente o processo de transformação deles em gordura corporal.

Primeira semana do ciclo

A única época em que o metabolismo esportivo das mulheres fica parecido ao do homem é no início do ciclo menstrual. O nível mínimo de estrogênio obriga o corpo a queimar hidratos de carbono para obter energia, tal como acontece no corpo dos homens(1).

Se você sente que pode malhar e que o sangramento não é muito abundante, então utilize esta vantagem de queima de gordura da primeira semana. Escolha um programa de curto mas de alta intensidade — corrida intervalada HIIT ou circuit training.

Segunda semana do ciclo

Na segunda semana do ciclo o nível de estrogênio atinge o seu máximo, tornando os músculos maleáveis. No entanto, demasiada flexibilidade muscular pode ser perigosa para os ligamentos não preparados, por isso, antes do exercício, é importante dedicar pelo menos 10 a 15 minutos a um aquecimento completo(2).

Nesta fase, o ideal é aproximar o treinamento de força ao programa de base — exercícios poliarticulares amplos (agachamentos, press militar com barra ou desenvolvimento de ombros com halteres (em pé), supino, etc.), realizados com peso operacional grande que não permita fazer mais do que 6 ou 7 repetições.

Terceira e quarta semanas do ciclo

Os níveis hormonais, que se alteram drasticamente após a ovulação, fazem com que o corpo passe definitivamente do uso dos carboidratos como combustível para a gordura. Na ausência de uma fonte rápida de energia o corpo fica mole e os treinos começam a parecer mais puxados e difíceis.

Este período é o mais difícil em termos de motivação uma vez que a mulher não sente absolutamente nenhuma vontade em praticar esporte. É importante planejar com antecedência as sessões dos treinos deste período, escolher os exercícios mais “agradáveis” (como ioga ou pilates), e reduzir o treinamento de força.

Menopausa e contraceptivos orais

Apesar de o corpo das garotas ou mulheres adultas que tomam contraceptivos orais estar menos exposto às fases do ciclo menstrual, existe uma certa dependência geral que se mantém. A maioria das recomendações dadas acima deve ser eficaz também nestes casos.

Por outro lado, a menopausa, e o acentuado declínio dos níveis dos principais hormônios femininos associado com ela – em primeiro lugar do estrogênio, aproximam o metabolismo esportivo feminino do metabolismo esportivo dos homens, que transforma gradualmente os carboidratos no principal combustível para o treinamento físico.

***

A principal diferença entre o metabolismo do corpo feminino e masculino está no fato de, na maior parte do tempo, o corpo da mulher utilizar as reservas de gordura como fonte de energia. Isso obriga a que organismo converta qualquer excesso de calorias diretamente em gordura corporal.

Fontes:

  1. Period Workout: Lifting the Curse, fonte
  2. The Menstrual Cycle Workout, fonte
  3. Menstrual cycle, Wikipedia Article, fonte

Data da primeira edição:

  • 22 de junho de 2014

Adicionar novo comentário: