Proteção solar post image

Proteção solar

Por que é importante usar protetor solar em creme não só quando estamos na praia, mas também no dia-a-dia? Dicas e regras para escolher um bom protetor solar.

Influência do sol no envelhecimento da pele

Os estudos têm mostrado que cerca de 90% das mudanças na pele fácil que levam à aparição de rugas e outros sinais de envelhecimento são originados pelo sol. Os agressivos raios ultravioleta atuam sobre as camadas mais profundas da epiderme, provocando a desintegração de células e aumentando o risco de sofrer de câncer.

É fundamental usar um creme de proteção solar para o rosto durante qualquer dia ensolarado, e não só em caso de ir à praia para se bronzear. Um bom protetor em creme deve ter um factor de proteção solar (SPF) não menor que 15 e deve bloquear os raios ultravioleta de dois tipos: UVA e UVB.

Por que o creme hidratante é o componente mais importante na preservação da juventude da pele masculina? Dicas para cuidar do rosto.

O que é fator de proteção solar?

O SPF (Sun Protection Factor: fator de proteção solar) é o nível ou índice de proteção contra o sol ou a porção de radiação solar que penetra na pele. O fator de proteção SPF10 deve garantir que 1/10 (10%) dos raios ultravioletas tenham um efeito destrutivo sobre a pele; no caso de SPF30, só 1/30 (3,3%) o terá.

Pode-se dizer que o efeito que o sol produz sobre a pele depois de 10 minutos sem protetor equivaleria à 300 minutos de exposição ao sol usando o protetor com fator SPF30. A distruibuição adequada do protetor sobre a pele, assim como a aplicação regular da mesma, são fatores importantes que influem no nível de proteção resultante.

Que fator de proteção solar usar?

Para usar no dia-a-dia recomenda-se um protetor solar com fator SPF15, para se bronzear na praia o protetor deve ter pelo menos SPF30 ou maior. Para as pessoas com pele branca aconselha-se usar proteção com fator SPF50 durante as primeiras exposições ao sol na praia.

É importante entender que um maior fator de proteção solar SPF nem sempre implica que a proteção contra o sol é maior. Por mais alto que seja o fator SPF, é fundamental aplicar o protetor a cada 2 horas para garantir sua efetividade contra o sol. Além disso, o volume da camada aplicada também é importante.

Como aplicar corretamente o protetor?

Para que o protetor proteja a pele dos raios ultravioletas, ele deve ser aplicado criando uma camada relativamente grossa: usar aproximadamente 2 mg para cobrir 1cm² de pele. Uma quantidade de protetor do tamanho de uma moeda grande deve ser suficiente para cobrir todo o rosto, enquanto que para todo o corpo necessitaria de aproximadamente 30 gr.

Deve-se aplicar novamente o protetor se houver ido à água, se houver limpado o rosto com uma toalha ou estiver suado em excesso. Ademais, é importante aplicar especial proteção, não só ao corpo e ao rosto, como também às orelhas; além disso, recomenda-se usar proteção solar nos lábios e óculos de sol para cuidar dos olhos,

Protetores bons e ruins

Os protetores solar baratos são feitos geralmente à base de vaselina e óleos minerais. Ao serem aplicados, geram um efeito de brilho sobre a pele e obstruem os poros, provocando a aparição de acne. Esta é uma grande desvantagem se você pretender usar este tipo de protetores para o dia-a-dia.

Estude detalhadamente o conteúdo do protetor que deseja comprar e evite os seguintes ingredientes: isoparafina, hexilenglicol, álcool de lanolina, azeite vegetal hidrogenado e oleato de decilo (cetiol IV). Antes de efetuar sua compra, tente testar o produto na parte posterior da munheca: escolha um que se absorva completamente.

Como escolher o melhor protetor solar?

Proteção solar

O uso de cremes de proteção solar de alta qualidade na rua e na praia é um fator importante para proteger a pele do envelhecimento prematuro.

1. Estude o conteúdo e prove o produto antes de comprar. Os protetores baratos contém vaselina, azeites minerais e outros componentes comedogênicos (que produzem imperfeições como cravos na pele). Estes cremes não são absorvidos totalmente, o que produz uma sensação de pele oleosa que propicia a aparição de acne.

2. Eleja sempre dupla proteção. Um creme protetor de qualidade deve defender a pele dos raios UVB, os quais avermelham e queimam a pele, e os raios UVA, os quais causam danos no DNA e aceleram o envelhecimento. Segundo das normas da Diretiva de Cosméticos da União Europeia, esta informação deve estar contida na etiqueta.

3. Eleja um fator de proteção ótimo. Para o uso diário, um fator de proteção SPF15 é suficiente, enquanto que para tomar sol na praia é recomendado protetores com fatores SPF de 30 para cima. Para às pessoas com pele branca e sensível é recomendado usar uma proteção com fator SPF50.

4. Aplique o creme de modo uniforme e regularmente. Os protetores solares garantem uma proteção de duas horas, depois das quais se aconselha aplicar novamente. Tenha em conta que parte do creme colocado sobre a pele se perde se você entra na água, se seca com a toalha ou sua em excesso, atos que diminuem a capacidade do protetor.

5. Use esfoliantes depois de se expor ao sol. A natureza dos protetores solares fisicamente reflete (bloqueia) os raios de sol devido à presença de óxido de zinco, titânio e outros metais que estes contém. Depois de se expor ao sol, é importante eliminar da pele qualquer particular destes elementos com a ajuda de um esfoliante.

***

O uso diário de creme de proteção solar para o rosto é um fator importante para evitar o envelhecimento prematuro. Ao escolher um bom creme, evite produtos que contenham vaselina e azeites minerais: estes provocam a aparição de brilho e dão uma aparência oleosa à pele, e ao mesmo tempo propiciam a aparição de acne.

Bibliografia:

  1. Skin cancer facts and statistics, source

Adicionar novo comentário: