Metabolismo depois dos trinta post image

Metabolismo depois dos trinta

Por que quando chegam aos 30 os homens começam a perder músculos e a armazenar gordura? Como evitar a desaceleração do metabolismo e a diminuição do nível de testosterona.

Fatores que afetam o metabolismo

De acordo com Pamela Peeke, doutora da Universidade de Medicina de Baltimore, o metabolismo propriamente dito e a permuta de substâncias são compostos de três fatores: 1) hereditariedade e genética; 2) funcionamento da tireoide; 3) quantidade de massa muscular(3).

A partir dos 30-35 anos, os homens começam a perder massa muscular a uma velocidade de 1-2% ao ano. Quanto menos músculos tiver, menos calorias são necessárias para sua manutenção — depois dos 30 a demanda calórica cai em 5-7% a cada dez anos(2).

Descubra como o cérebro e os hormônios afetam as mudanças de aparência físicas do seu corpo.

Diminuição do nível de testosterona

A idade provoca ainda uma outra mudança nos homens: a diminuição do nível de testosterona. Apesar de a diminuição ser real, ela não é tão brusca como muitos pensam: aos 35 anos secreção de testosterona é só 5% mais baixa que aos 25.

Uma diminuição considerável do nível desse hormônio tão importante começa após os 40, e vai evoluindo a um ritmo de mais ou menos 10% a cada cinco anos. Perto dos 50, o nível de testosterona nos homens não é mais do que 60% daquilo que era aos 25 anos(3).

A importância das vitaminas e minerais

O mais importante é que perto do trinta anos se anuncia uma insuficiência crônica de vitaminas e minerais: se aos 20 anos o consumo deficitário de cálcio e magnésio passava desapercebido, com os anos as consequências negativas ficam mais acentuadas.

E apesar do cálcio, magnésio, zinco e outros minerais não serem capazes de aumentar os níveis hormonais ou a rapidez do metabolismo por si só, sua insuficiência crônica causa impactos negativos visíveis num grande número de processos orgânicos.

O organismo muda após os trinta?

Na sua essência, as mudanças fisiológicas do organismo masculino após os trinta são mínimas. A desaceleração do metabolismo, como tal, não é algo visível e os níveis hormonais, no geral, e da testosterona, em concreto, estão apenas um pouco mais baixos que nos garotos de vinte anos.

O motivo pelo qual o corpo realmente muda se deve exclusivamente ao modo de vida e hábitos alimentares. Na maioria dos casos, um homem perto dos trinta começa a comer mais e a se movimentar menos, ganhando como consequência gordura a mais e perdendo músculo.

Treinos de força depois dos trinta

Caso típico: Apercebendo-se de que a sua figura está arredondando, o homem começa a ir à academia. Tentando ganhar em um mês o que perdeu durante anos, ele se coloca dois objetivos: perder gordura e ganhar músculo. E o personal trainer contratado nem tenta argumentar.

E assim seguem muitos treinos de várias horas, que combinam corrida, exercícios de força e um sem-número de abdominais, juntamente com dietas de brusca redução calórica (chegando até 1200 kcal por dia), um pouco de BCAA e meia porção de proteína “para os músculos”.

Por que não dá para mudar o corpo?

É natural que esse treino não traga nenhum efeito e que se perca a motivação em algumas semanas. Vendo que esforços homéricos não trazem resultado, o indivíduo acaba por se desesperar e colocar toda a culpa nas “mudanças da idade” e no “metabolismo lento”.

Aqueles poucos que continuam pensam que não tentaram o suficiente. Eles reduzem a ingestão de gordura e calorias ainda mais, começam a treinar todos os dias, combinando esses treinos com corridas e uma hora diária de abdominais. O resultado é ainda do pior que no primeiro caso.

Como treinar corretamente?

Em primeiro lugar, se prepare para mudar os hábitos alimentares, pois é exatamente neles que se encontra a maioria dos problemas. Em segundo lugar, mantenha-se mais bem informado em material atual e confiáveis sobre fitness, não acredite em velhos mitos e não leve “ao pé da letra” tudo o que o treinador falar.

Em terceiro lugar, não tente mudar o mundo de uma só vez: o organismo não pode queimar gordura e construir músculos ao mesmo tempo. E, em quarto lugar, se prepare, o treino não é uma coisa para fazer duas semanas antes da praia, é um processo constante e um estilo de vida.

***

O principal erro do treino após os trinta é tentar atingir resultados rápidos demais. E não conseguindo o resultado desejado, muitos deitam a culpa na desaceleração do metabolismo, apesar de aos 35 anos isso não acontecer numa pessoas que tenha saúde e uma alimentação normal.

Referências:

  1. Metabolism is only a small part of why it’s harder to lose weight after 40, source
  2. The Importance of Starting Strength Training After Age 30, source
  3. Changes In The Steroidogenic Compartment Of The Testis, source

Adicionar novo comentário: