História dos esteroides post image

História dos esteroides

História da descoberta da testosterona por cientistas do regime nazi, o surgimento de esteroides anabolizantes no esporte profissional e sua passagem para a musculação devido à AIDS.

A descoberta da testosterona

Oficialmente, a história dos esteroides começou em 1931, quando o químico alemão Adolf Butenandt conseguiu isolar 15 mg. do hormônio masculino androsterona a partir de mais de dez mil litros de urina. Em 1934, ele foi capaz de sintetizar este hormônio artificialmente(1).

Durante os cinco anos seguintes, os cientistas, patrocinados por empresas farmacêuticas, descobriram a existência de um hormônio mais forte, ao qual deram o nome de testosterona. Pouco tempo depois conseguiram recriá-lo quimicamente e em 1939 foram galardoados com o Prêmio Nobel.

Anabolicos sintéticos

A designação do hormônio “testosterona” (testosterone) foi criada por Adolf Butenandt e seu colega Lavoslav Ružička através da junção das palavras “testículos” e “esterol”. Por sua vez, o esterol é uma substância próxima ao colesterol do grupo dos esteroides.

Inicialmente, os cientistas não compreenderam por inteiro qual a função deste novo hormônio no organismo. Aparentemente, eles acreditaram que a testosterona seria o hormônio do poder e juventude masculinos, mas jamais sonharam e o usar com a finalidade de fazer crescer a massa muscular.

Esteroides na Alemanha nazista

O governo nazista obrigou Butenandt e Ružička a recusar o Prêmio Nobel pela descoberta da testosterona, provavelmente por achar que os outros povos não tinham o direito de julgar o sucesso dos cientistas do Grande Reich. No entanto, os trabalhos científicos continuaram.

Segundo algumas fontes, foi administrada testosterona nos soldados alemães para aumentar a sua agressividade e nos campos de concentração foram feitos testes em grande escala. Está confirmado que o médico pessoal de Adolf Hitler lhe prescreveu injeções de testosterona(2).

Leia também:

As perguntas mais frequentes sobre esteroides: são eficazes no ganho de massa muscular magra e
existem anabolizantes legais?

Atletas do bloco oriental

Depois da queda do Terceiro Reich, a União Soviética se interessou pelo novo hormônio, achando que a testosterona poderia aumentar a massa e a força musculares dos atletas, a União Soviética e os demais países do bloco de Leste usaram ativamente hormônios em seus atletas(4).

Em resposta a isso, o Dr. John Ziegler, que trabalhava com a equipe olímpica dos EUA, conseguiu obter um análogo da testosterona mas com menos efeitos colaterais – a metandrostenolona  (“metano”, methandrostenolone), que recebeu o nome comercial de Dianabol.

Esteroides nos EUA

Em 1958, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA aceitou o registo de um novo medicamento da empresa farmacêutica Ciba Pharmaceuticals para tratamento de homens com queimaduras e idosos, o Dianabol(5). O medicamento era vendido livremente e sem receita em farmácias.

Apenas 20 anos mais tarde, em 1976, começaram a ser feitos os primeiros testes em atletas que usavam esteroides anabolizantes. No entanto, durante todo esse tempo, surgiram no mercado mais de quarenta análogos da testosterona e do Dianabol: Danabol, Nerobolum, Naposim, Dbol e entre outros.

A Aids

A passagem do consumo de esteroides do esporte profissional para a musculação na cultura americana do fitness teve início na década de oitenta por causa da epidemia da AIDS. Naquela altura os esteroides eram vendidos em farmácias mediante a apresentação de receita médica.

A AIDS provoca rápida perda de peso (principalmente muscular) e os infetados necessitavam de injeções de testosterona para conseguir manter o peso. Na verdade, o tratamento com esteroides e a malhação na academia eram uma parte importante da terapia das pessoas infectadas pelo HIV na década de oitenta.

Por que os esteroides são proibidos?

Na história do uso de esteroides, o seu uso foi sempre condicionado por razões muito sérias: o desejo de vencer nos esportes, não obstante a saúde do atleta, ou a luta com uma doença mortal. No entanto, ninguém falava da possibilidade de usar esteroides com a finalidade de criar um “corpo bonito”.

O primeiro artigo científico sobre os seus perigos foi publicado apenas em 1993(6). Logo em seguida muitos países proibiram a comercialização destas substâncias perigosas em uma tentativa de proteger os seus cidadãos destas potenciais ameaças à saúde.

***

Durante décadas, os análogos sintéticos do hormônio masculino da testosterona, descobertos pelos cientistas da Alemanha nazista, eram acessíveis a todo mundo. A proibição em massa do seu uso começou em meados dos anos 90, quando se tornaram claras as consequências e efeitos colaterais dos esteroides.

Leia mais:

Referências:

  1. ‘The history of synthetic testosterone’, Hoberman JM, Yesalis CE, fonte
  2.  ‘Anabolic Steroids and the Athlete’, Taylor, William N.
  3. ‘Pres. Kennedy’s Health Secrets’, The NewsHour with Jim Lehrer transcript
  4. Soviet Doping Widespread: Athletes Had Secret Lab Near Seoul, fonte
  5. ‘The Man Behind the Juice’, fonte
  6. Deacon, James. “Biceps in a bottle”

Data da primeira publicação:

  • 21 de novembro de 2013

Adicionar novo comentário: