Aparelho ou barra? post image

Aparelho ou barra?

Por que os pesos livres (halteres e barras) são melhores do que os aparelhos e por que os exercícios efetuados em aparelhos de força são menos eficazes para o crescimento muscular.

Será preciso treinar nos aparelhos?

Muitas vezes se recomenda que no processo de escolha da academia levemos em atenção a marca dos aparelhos esportivos disponíveis, já que, supostamente, a presença de equipamento da Technogym indicaria o alto nível da academia. Mas esses conselheiros esquecem de dizer que para bombar os músculos não são necessários quaisquer aparelhos de força sofisticados.

Sem dúvida que no aparelho você pode repetir a técnica do exercícios, mas a palavra-chave é mesmo “repetir”. Se você não sabe como fazer determinado exercício básico corretamente, a chance de executar tecnicamente bem a sua variação no aparelho é igual a zero.

Barra na academia — é essencial?

Se na sala da academia não tiver nenhum suporte para barra, banco para supino nem set de pesos livres (discos para as barras, halteres desmontáveis ​​ou completos), dê meia-volta e vá embora, mesmo se todo o equipamento restante brilhar de tão novo.

As academias sem pesos livres destinam-se mais depressa a programas de reabilitação física ou ginástica geriátrica. Definitivamente, essas academias não foram feitas para um ganho eficaz de músculos e serão uma perda de tempo completa para os iniciantes.

Aparelho para os músculos das pernas

Infelizmente, mesmo se na academia existe barra e suporte para agachamentos, a maioria evita fazer estes agachamentos, substituindo-os por exercícios nos aparelhos que trabalham os músculos das pernas e glúteos, considerando tais aparelhos mais eficazes e mais “confortáveis”.

Mas a verdade é que os agachamentos e os levantamentos terra são os exercícios que melhor engajam os glúteos no trabalho, o mesmo já não podemos dizer das prensas de pernas – nestes aparelhos trabalha tudo, exceto os glúteos.

Aparelhos para os músculos das costas

Outro erro comum é recorrer ao puxador ao peito ou à nuca nos assim chamados “aparelhos de costas”. Tentando repetir dois exercícios ao mesmo tempo – remada curvada e barra fixa – você acaba mais depressa utilizando os músculos dos braços e não os das costas.

Além disso, mesmo que no aparelho esteja clara e inequivocamente escrito que não pode arquear as costas e que não se recomenda baixar a barra atrás da cabeça, as pessoas pensam sempre que elas ou seus treinadores são mais espertos do que os fabricante e acabam executando o exercício como bem querem. 

Aparelhos caseiros

Curiosamente, tem muita gente acreditando de fato na publicidade dos aparelhos para se exercitar em casa e crente que eles permitem bombar todos os músculos do corpo em apenas 15 minutos. Alguns vão mais longe e tentam encontrar esquemas e dicas de sobre como fazer um aparelho desses com suas próprias mãos.

É evidente que, mesmo que você não tenha tempo para frequentar uma academia, gastar milhares de dólares em uma máquina incompreensível é algo bem tolo de se fazer. Na verdade, até mesmo ​​halteres montáveis e um simples banco de supino acabarão por ser muitas vezes mais eficazes do que qualquer um destes aparelhos milagrosos.

A quem se destinam os aparelhos?

Use os aparelhos somente quando já aprendeu a realizar os exercícios básicos e é capaz de entender qual deles o aparelho simula, e deseja, por exemplo, fazer pumping ou aumentar o nível de segurança no treino com pesos.

Caso o aparelho não repita nenhum dos exercícios básicos, recorra a ele apenas se já está treinando há muito tempo e atingiu resultados significativos. Lembre-se que os iniciantes não necessitam de exercícios de isolamento.

Por que todos recomendam aparelhos?

Apesar de a produção de material esportivo ser uma indústria rentável, é bem difícil vender uma barra convencional e um set de pesos a preços realmente lucrativos. O mesmo já não pode se dizer daquele super-aparelho que substitui todos os anteriores.

Ao formarem na mente dos novatos o mito de que uma academia precisa ter três dezenas de aparelhos novinhos em folha só para os abdominais, os fabricantes obrigam deste modo os proprietários das academias a renovar constantemente o equipamento. E o preço final desta renovação será sempre pago por quem treina.

***

Originalmente inventados para terapia de reabilitação, as máquinas de exercício não devem ser utilizadas pelos iniciantes que desejam aumentar a massa muscular e que não fazem ideia qual o exercício básico em concreto que determinado aparelho copia.

Data da primeira edição:

  • 12 de janeiro de 2013

Adicionar novo comentário: