Melhor suplemento de creatina post image

Melhor suplemento de creatina

Para que precisamos de creatina monohidratada? Como funciona este suplemento esportivo e como o tomar corretamente? – Dicas e conselhos práticos. Classificação das melhores marcas.

A melhor creatina monohidratada

A FitSeven não tem qualquer parceria com os produtores destes suplementos e não tem nenhum interesse específico em promover qualquer uma das marcas. Esta classificação dos vários suplementos esportivos se baseia unicamente na opinião e no feedback dos nossos especialistas e não deve ser considerada publicidade.

  1. Creatine Powder (Optimum Nutrition)
  2. Creatina (Dymatize)
  3. Cell-Tech Hardcore (MuscleTech)
  4. COR Performance Creatine (Cellucor)
  5. SizeOn (Gaspari Nutrition)

Como atua a creatina

A principal função da creatina é fornecer energia ao corpo durante o exercício físico. Por outro lado, durante a carga de força, a primeira energia a ser utilizada é a creatina armazenada diretamente no tecido muscular e só depois é que o corpo vai buscar a glicose.

A presença de creatina nos músculos permite treinar com maior atividade, utilizando maior peso de trabalho. Além disso, uma vez que para armazenar a molécula da creatina é necessária a molécula de ligação da água, as reservas de creatina aumentam visualmente o volume do músculo.

Necessidade diária

A creatina é um ácido carboxílico que contém azoto e que está no tecido muscular dos animais. O seu nome vem da palavra grega «kreas», que se traduz como “carne” – um quilo de carne crua contém cerca de 3 a 6 gramas de creatina(1).

Para os atletas que querem aumentar a massa muscular, a norma diária de necessidade de creatina é de cerca de 2 gramas. No entanto, dado o percentual de perdas durante o cozimento e digestão da carne, seria mais correto falar de um consumo diário de 1-1,5 kg de carne.

Creatina monohidratada em suplementos

Por um lado, a creatina é um suplemento alimentar absolutamente natural (o seu próprio nome diz isso), por outro, a ingestão da grande quantidade de carne necessária para fornecer a dose diária de reservas de creatina aos músculos pode afetar negativamente a digestão.

A solução ideal pode ser o consumo de creatina em forma de suplemento. Dado que a creatina da carne foi isolada pela primeira em 1832(1), a produção industrial não é cara e não é difícil encontrar creatina monohidratada de boa qualidade.

É mesmo preciso tomar creatina?

Existe uma elevada probabilidade de o atleta não conseguir obter a quantidade necessária de creatina só através do alimento que ingere, o que acaba afetando os resultados de força e o aumento do cansaço no processo do treinamento físico ativo.

Com a normalização do consumo de creatina é frequente se verificar não só um aumento no desempenho de força, como um aumento do volume dos músculos – fenômeno que ocorre devido ao treino mais ativo e à acumulação de água necessária para o armazenamento da creatina.

Como posso tomar creatina?

Dada a necessidade de aumento da creatina do corpo em atividade física ativa, muitas vezes os especialistas esportivos dos nossos dias recomendam a toma constante de doses pequenas de creatina monohidratada – cerca de 2-5 gramas por dia(3).

É importante mencionar que os ciclos de ingestão de creatina (alternância de tomas de 15-20 gramas por dia, com períodos de descanso) não trazem quaisquer vantagens significativas. Além disso, o açúcar ou outros hidratos de carbono simples não influenciam praticamente em nada na absorção da creatina.

Danos e efeitos colaterais da creatina

A creatina monohidratada é um dos suplementos esportivos mais estudados. Numerosos estudos científicos e testes em humanos não revelaram qualquer risco de aparecimento de efeitos colaterais da creatina em indivíduos saudáveis​​(3).

No entanto, é importante sublinhar que aqueles que sofrem de doenças crônicas, como asma ou vários tipos de alergias, devem, por uma questão de segurança complementar, consultar o médico antes de começar a tomar a creatina.

***

A creatina é um dos suplementos esportivos mais populares e importantes quando se deseja aumentar os indicadores de força e turbinar o ganho de massa muscular. Este suplemento é altamente recomendado e atletas de qualquer nível de treinamento.

Fontes:

  1. Creatine, Wikipedia Article, fonte
  2. Brosnan JT, da Silva RP, Brosnan ME. The metabolic burden of creatine synthesis. Amino Acids., fonte
  3. Creatine, An Article at Examine.com, fonte

Adicionar novo comentário: