Genética e musculação post image

Genética e musculação

Sinais que evidenciam uma predisposição genética para o rápido crescimento muscular. As características do metabolismo de um esportista e tudo sobre como determinar seu tipo corporal.

Qual é o meu potencial genético?

A maioria dos iniciantes na academia se interessam na pergunta sobre sua predisposição genética para o fisiculturismo e portanto, se as tiverem, contam com a vantagem de que seus músculos cresçam mais rápido. Sem dúvida, uma “boa genética” não pressupõe que haja uma facilidade para ganho de massa muscular, como também não pressupõe a dificuldade para acumular gorduras.

O método mais fácil para determinar a sua predisposição (ou não) ao fisiculturismo é medir a gordura da munheca da mão. Os mesomorfos (com facilidade para ganhar massa muscular) e os endomorfos (com tendência à obesidade) se caracterizam por ter o osso da munheca bem grosso em comparação com os ectomorfos (com tendência a serem magros).

Somatótipos (biotipos) corporal e a genética — que características nos são dadas geneticamente?

Método para determinar o meu tipo corporal

Para determinar seu tipo corporal, meça a grossura da munheca. O perímetro do osso nesta parte é inferior a 17,8 cm em ectomorfos, enquanto que em mesomorfos pode chegar a medir entre 17,8 e 19 cm. nos endomorfos a grossura passa dos 19 cm(1). Estes valores se aplicam para homens com estatura superior a 1,60m.

A maioria das pessoas não pertencem a um único tipo corpotal. Um indivíduo pode pertencer a diferentes tipos corporais e cada uma destas está representada no seu organismo em diferentes proporções. Por exemplo, a parte inferior do corpo pode ser endomorfa, enquanto que a superior ectomorfa.

A genética e a sorte

O potencial genético para ganhar massa muscular rápido não só depende do seu tipo corporal, como também dos seus níveis hormonais. As pessoas que possuem tendência de aumentar o volume dos seus músculos com relativa facilidade, possuem níveis de testosterona mais altos, de cortisol mais baixos e seus músculos são suficientemente sensíveis à insulina.

Os altos níveis de testosterona influem positivamente no crescimento muscular, enquanto que os baixos níveis de cortisol possibilitam treinar mais tempo e permite que os músculos se recuperem mais rápido. A sensibilidade dos diferentes tecidos e a insulina determina quais crescerão ao receber calorias (os tecidos fracos ou as fibras musculares).

Quão rápido crescem os músculos?

Considera-se que a velocidade máxima que uma pessoa pode ganhar massa muscular seja de 0,2 kg por semana, ou seja, aproximadamente 1kg por mês(2). Apesar deste valor parecer insignificante, ganhar 12 kg de massa muscular magra em um ano é o suficiente para mudar o corpo de tal forma, que não seria possível reconhecê-lo.

Se você ganhar mais de 1 kg por mês, o mais provável é que não só está ganhando músculos, como também gordura e líquido, o qual é uma característica própria de endomorfos. Por este motivo, uma dieta para aumentar a massa muscular não só deve consistir no aumento das calorias, como também na correta seleção dos alimentos de onde estas são oriundas.

Metabolismo de um esportista

As pesquisas científicas afirmam que os indicadores metabólicos dos diferentes tipos corporais podem chegar a diferenciar-se entre 7-18%(3). A diferença principal consiste na reação do organismo perante à presença de carboidratos na produção de insulina e na sensibilidade dos tecidos à este hormônio.

Treinar com regularidade melhora a capacidade do organismo para acumular a energia proveniente dos carboidratos nas fibras musculares e não nos depósitos de gordura. Como resultado, o corpo de um esportista envia aos músculos as calorias que recebe da comida; enquanto que nas pessoas sedentárias, estas calorias se transformam rapidamente em gordura.

Recomendações dos suplementos esportivos mais efetivos para aumentar o peso e aumentar a massa muscular.

Como saber se tenho genética boa?

  1. Proporções atléticas do corpo. A largura do peito, a cintura e as coxas dos ectomorfos são quase a mesma; a cintura dos endomorfos tende a ser a parte mais larga, enquanto que nos mesomorfos a cintura é fina e o peito um pouco mais largo que as coxas. Por isto, os mesomorfos têm facilidade para esculpir uma figura em forma de “V” ou “X” com ombros e costas largos.
  2. Metabolismo saudável. Seu metabolismo está em ordem se você não sente a necessidade de comer doces, não sofre de ataques de gula durante a noite, aumenta o seu peso com dificuldade e pode perdê-lo rapidamente No caso contrário, você deverá lutar para restabelecer a sensibilidade dos seus tecidos à insulina por meio de treinos com intervalos de alta intensidade HIIT.
  3. Níveis altos de testosterona. Os altos níveis de testosterona podem se mostrar nos homens por um comportamento um tanto irritado e agressivo, assim como pelo aumento do desejo sexual e a libido. Na vida diária é fácil determiná-lo: se você toma decisões arriscadas com regularidade, o mais provável é que seus níveis de testosterona sejam altos.
  4. Capacidade de auto-motivação. Por mais “ruim” que seja a sua genética, os treinos feitos com regularidade e a alimentação saudável possibilitarão que esta melhore. O mais importante é ter paciência e motivação. Tome o exemplo de Arnold Schwarzenegger, que era um menino bastante magro e um adolescente pouco atlético.

***

A predisposição genética a ter um corpo atlético e ganhar massa muscular com rapaz são características próprias dos mesomorfos, que apresentam altos níveis de testosterona, baixos níveis de cortisol e alta sensibilidade dos tecidos musculares à insulina, o qual lhes permitem usar as calorias para aumentar a massa muscular e não a gordura.

Bibliografia:

  1. Predicting somatotype from body measurements. Damon, Albert; Bleibtreu, Hermann K.; Elliot, Orville; Giles, Eugene
  2. What is My Genetic Muscle Potential? Lyle McDonald, source
  3. Somatotype and indicators of metabolic fitness in youth. Peter T. Katzmarzyk1, Robert M. Malina, Thomas M.K. Song, Claude Bouchard, 1998, source

Adicionar novo comentário: