7 vantagens da quinoa post image

7 vantagens da quinoa

É verdade que a quinoa é a melhor substituto dos cereais? Propriedades benéficas da quinoa, conteúdo nutricional, valor calórico e recomendações no modo de preparo.

[kkstarratings]

1: A quinoa não contém glúten

A quinoa não é um cereal e por isso não contem glúten, que é uma proteína própria do trigo capaz de causar alergia em algumas pessoas. A quinoa, embora parece um cereal, não sei classifica como gramínea (trigo, arroz, milho), porém faz parte da subfamília de chenopodioideae das amarantáceas (parente próxima da beterraba e do espinafre).

Apesar de serem poucas as pessoas que sofrem de intolerância ao glúten (doença celíaca), muitos especialistas em dietas e nutricionistas afirmam que excluir esta substância (assim como outros cereais e farinhas) da nossa dieta pode ajudar, não só a diminuir a medida da cintura, como também a fazer com que o organismo seja mais saudável.

Por que os nutricionistas consideram que o pão é danoso? É verdade que o pão integral é melhor? Os perigos de comer pão branco.

2: A quinoa é rica em proteínas de qualidade

A quantidade de proteína da quinoa é maior do que de qualquer cereal, chegando próximo aos valores que contém o trigo sarraceno e do amaranto (que é da mesma família da quinoa): em 100 gr de grão seco há entre 14-16 gr de proteínas. Ademais, a quinoa contém quase todos os aminoácidos, diferente do trigo e do arroz.

Este é um fator importante para os vegetarianos, pois tendem a sofrer de déficit de alguns aminoácidos fundamentais como resultado da exclusão de carnes e lácteos da sua dieta. Se faz referência principalmente à lisina e à leucina, essenciais para o ótimo funcionamento do sistema imunológico e para o crescimento muscular.

3: Baixo índice glicêmico da quinoa

A quinoa se caracteriza por seu baixo índice glicêmico: 150 graus de quinoa cozinhada tem um coeficiente de 50. Este baixo índice se deve ao alto conteúdo de fibra deste alimento (ao redor de 7% do seu peso), assim como a presença de gorduras saudáveis e de alta qualidade (aproximadamente 6%).

O baixo índice glicêmico da quinoa permite, não só ter a sensação de saciedade durante mais tempo, como também normalizar os níveis de açúcar no sangue, fato que exista que soframos de fome. Assim como o trigo sarraceno, este alimento pode ser consumido por pessoas que sofrem de diabetes tipo 2.

4: Alta quantidade de minerais

Em 100 gr de quinoa contam 102% da dose diária recomendada de manganês, 40% da de magnésio, 46% de fósforo, 30% de cobre, 25% de ferro, 21% de zinco, 16% de potássio e 12% do selênio. Com estas porcentagens, superam o trigo, que é pobre em microelementos, e superam o trigo sarraceno.

É importante recordar que a carência de zinco é uma causa muito comum da diminuição dos níveis de testosterona nos homens. Este mineral se encontra principalmente nos mariscos e no fígado; sem d/vida, a quantidade de zinco em carnes de animais alimentos com produtos industriais é baixo.

5: A quinoa é rica em antioxidantes

A quinoa é rica em antioxidantes naturais e flavonóides, os quais ajudam a neutralizar a ação dos radicais livres e impedem a proliferação de células cancerígenas. A quercetina é o principal antioxidante presente na quinoa, este também se encontra no trigo sarraceno.

Este substância tem a capacidade de ser armazenada no organismo, o qual propicia que se aumenta a força de sua ação com o tempo. Além da efetividade como antioxidante, a quercetina tem um pequeno efeito antiinflamatório, antialérgico, analgésico, tranquilizante e sedativo.

6: A quinoa é rica em gorduras saudáveis

A quinoa contém uma quantidade de gordura suficiente para ser um pseudocereal: cerca de 6% do seu peso. Este fator tem pouca influência sobre o valor calórico deste produto (a quantidade de calorias da quinoa, como da maioria dos cereais, é de 360-370 Kcal em 100 gr); sem d/vida, estas calorias são de alta qualidade para o organismo.

A quinoa é composta de ácidos graxos de origem vegetal ômega-3: aproximadamente 300 mg em 100 gr de grão sexo. Obviamente esta quantidade não pode ser comparada com a quantidade de ômega-3 que contém um peixe do mar, mas, sem dúvida, é uma boa quantidade que super os valores do trigo, do arroz e outros cereais.

7: A quinoa é fácil de cozinhar

Não se necessita ser um chef para cozinhar a quinoa. Para cada taça de quinoa, precisa-se 2-2,5 taças de água (200-250 ml de água por cada 100 gr de quinoa). O grão deve ser lavado previamente e colocado em um pote com água, deixa ferver e tapa o pote, então coloca o pote ao fogo baixo até que a água evapore completamente.

Preparar um rico prato com quinoa como ingrediente também é muito fácil. Primeiro, faz-se vegetais e/ou carne com um pouco de azeite para depois agregar 50-70 gr de quinoa (adicionada sem ter sido cozinhada previamente) e água. Depois de fervida a mistura, deixa cozinhar por 10 minutos a fogo baixo até que a água se evapore.

***

A quinoa é um pseudocereal parente próximo do trigo sarraceno, é um benéfico alimento para a saúde: tem uma alta quantidade de proteína e baixo índice glicêmico e é rico em microminerais e antioxidantes. Outra qualidade não menos importante da quinoa, é que seu sabor é agradável e muito versátil.

Bibliografia:

  1. Quinoa, uncooked, Nutritional facts, source

Adicionar novo comentário: