Carboidratos rápidos post image

Carboidratos rápidos

A razão pela qual se considera que o açúcar e outros carboidratos simples são prejudiciais para a saúde e propiciam a obesidade. Qual comida é melhor para ser evitada?

O que são os carboidratos rápidos?

Os carboidratos rápidos, também chamados de simples, são aqueles compostos por uma mínima quantidade de elementos estruturais (por uma ou duas moléculas) e que são assimilados pelo organismo rapidamente. Na maioria dos casos, estes produtos contam com um evidente sabor doce e podem dissolver-se facilmente em água.

A diferença dos carboidratos complexos (amido, glicogênio ou fibra), os hidratos de carbono rápidos só necessitam de dois minutos para fazerem-se presentes na corrente sangüínea em forma de açúcar, a fim de aumentar a energia e aumentar os níveis de insulina: este fenômeno indica que eles têm um alto índice glicêmico.

Como diferenciar os carboidratos saudáveis daqueles que propiciam a obesidade? Tabela com o índice glicêmico dos alimentos.

Carboidratos simples na natureza

O organismo humano e seu metabolismo praticamente não mudou nos últimos milênios. Sem dúvida, os alimentos produzidos durante as últimas décadas mudaram. Em suma, raras vezes se encontram carboidratos simples na natureza e se pode dizer que o nosso organismo não está muito bem acostumado a eles.

Para dar ao corpo o açúcar (carboidrato simples muito difundido na sociedade moderna) que está contido em uma lata de refrigerante uma quantidade correspondente a vários metros de cana de açúcar. Outra fonte de carboidratos simples é o mel, o qual sempre foi considerado uma delícia difícil de se encontrar, tal como as frutas doces e exóticas.

Os carboidratos simples são perigosos?

Ao ser assimilados literalmente em dois minutos, os carboidratos rápidos incrementam os níveis de açúcar no sangue. Para utilizar este açúcar, o organismo produz insulina, a qual permite que as calorias provenientes deste produto sejam usadas para realizar distintas atividades ou sejam depositadas em forma de gordura.

A troca abrupta nos níveis de açúcar no sangue e sua posterior (e igualmente abrupta) queda provoca uma sensação de debilidade e cansaço, os quais são percebidos a muitos como fome. É precisamente este fenômeno que explica o desejo de consumir doce depois de comer carboidratos simples e assim regular os níveis de açúcar.

Os danos dos carboidratos simples

O dano principal provocado pelo consumo regular de grandes doses de carboidratos simples é o transtorno paulatino dos mecanismo de assimilação da glicose. É como se o organismo tivesse deixado de detectar e utilizar o açúcar que se encontra no sangue. Os níveis de açúcar crescem, amenizando o funcionamento do metabolismo.

Esta enfermidade é conhecida com a “diabetes tipo 2” e na maioria dos casos se desenvolve como resultado de maus hábitos alimentares e sedentarismo. Os sintomas mais comuns são o sobrepeso, cansaço geral e muscular, depressão crônica e sequidão na boca.

Carboidratos simples: lista de alimentos

1. 1.Açúcar refinado - este é o carboidrato simples mais difundido. Há algum tempo atrás o açúcar eram muito caro e a maioria da população não poderia se dar ao luxo de comprá-lo, mas a indústria alimentícia o converteu em um dos ingredientes mais baratos (e danosos).

1. Açúcar refinado – este é o carboidrato simples mais difundido. Há algum tempo atrás o açúcar eram muito caro e a maioria da população não poderia se dar ao luxo de comprá-lo, mas a indústria alimentícia o converteu em um dos ingredientes mais baratos (e danosos).

2. Bebidas doces - lidera o ranking de produtos com mais carboidratos simples. Em um copo de refrigerante há de 20 a 25 gr de açúcar (5 colheres), quantidade igual à metade da dose máxima recomendada. Tenha em mente que cada geleia, marmelada e suco contém diferentes quantidades de carboidratos simples.

2. Bebidas doces – lidera o ranking de produtos com mais carboidratos simples. Em um copo de refrigerante há de 20 a 25 gr de açúcar (5 colheres), quantidade igual à metade da dose máxima recomendada. Tenha em mente que cada geleia, marmelada e suco contém diferentes quantidades de carboidratos simples.

3. Pastelaria e doces - são fontes de calorias atípicas para o metabolismo. Além de conterem grandes quantidades de açúcar, estes produtos também incluem farinha de trigo, ingrediente que se caracteriza por seu alto índice glicêmico e por seu conteúdo de glúten, substância perigosa para a saúde e para o corpo.

3. Pastelaria e doces – são fontes de calorias atípicas para o metabolismo. Além de conterem grandes quantidades de açúcar, estes produtos também incluem farinha de trigo, ingrediente que se caracteriza por seu alto índice glicêmico e por seu conteúdo de glúten, substância perigosa para a saúde e para o corpo.

4. Mel e açúcar mascavo - é importante compreender que desde o ponto de vista metabólico, não há uma diferença entre mel e açúcar. A reação do organismo a estes produtos e à entrada de glicose na corrente sangüínea são idênticas. O açúcar mascavo só se diferencia do branco pelo seu sabor e não pelo seu valor calórico.

4. Mel e açúcar mascavo – é importante compreender que desde o ponto de vista metabólico, não há uma diferença entre mel e açúcar. A reação do organismo a estes produtos e à entrada de glicose na corrente sangüínea são idênticas. O açúcar mascavo só se diferencia do branco pelo seu sabor e não pelo seu valor calórico.

5. Marmeladas, confeitarias e geleias - as frutas, além de conterem carboidratos simples (principalmente frutose), também contém fibra, vitaminas e diferentes tipos de antioxidantes naturais. No geral, a massa das marmeladas, geleias, depois de cozinhadas e adocicadas, não contem nada que possa ser benéfico para o organismo.

5. Marmeladas, confeitarias e geleias – as frutas, além de conterem carboidratos simples (principalmente frutose), também contém fibra, vitaminas e diferentes tipos de antioxidantes naturais. No geral, a massa das marmeladas, geleias, depois de cozinhadas e adocicadas, não contem nada que possa ser benéfico para o organismo.

6. Diferentes tipos de molhos - Se agrega açúcar à muitos produtos da indústria alimentícia para melhorar o seu sabor e textura, ainda mais no caso dos molhos. Esta categoria é liderada pelos molhos agridoces, barbecue e alguns tipos de molhos de tomate (ketchup).

6. Diferentes tipos de molhos – Se agrega açúcar à muitos produtos da indústria alimentícia para melhorar o seu sabor e textura, ainda mais no caso dos molhos. Esta categoria é liderada pelos molhos agridoces, barbecue e alguns tipos de molhos de tomate (ketchup).

7. Cereais açucarados - os grandes fabricantes de alimentos implementaram rapidamente os descobrimentos dos cientistas, que lhes fizeram compreender que as crianças preferem alimentos que contém entre 40 e 45% de açúcar. A maioria dos cereais para crianças contém grandes quantidades de açúcar e calorias vazias.

7. Cereais açucarados – os grandes fabricantes de alimentos implementaram rapidamente os descobrimentos dos cientistas, que lhes fizeram compreender que as crianças preferem alimentos que contém entre 40 e 45% de açúcar. A maioria dos cereais para crianças contém grandes quantidades de açúcar e calorias vazias.

***

Os carboidratos simples não só podem levar ao aumento rápido de peso, como também provocar o desenvolvimento de diabetes e outras enfermidades. Se você deseja ter um corpo atlético, o único momento no qual pode consumir carboidratos rápidos é durante a janela metabólica, ou seja, imediatamente depois de treinar.

Adicionar novo comentário: